#CLICImigração: “Novas regras para a solicitação de Cidadania Canadense”

Bonjour à tous,

Novidades boas para aqueles que já possuem o status de residente permanente no Canadá. Desde o início do ano vem sendo discutida a implantação de novas regras para a solicitação da cidadania no Canadá e, ontem pela manhã, o governo sinalizou uma data para que a lei C-6 possa entrar em vigor.

A partir do dia 11 de Outubro de 2017 todos os residentes que esperam a oportunidade de aplicar para o processo de cidadania poderão contar com as novas mudanças, com maior flexibilidade, impostas pelo governo.

De acordo com a nova lei, todos os imigrantes que vivem no Canadá a mais de 1095 dias, dentro de um período total de 5 anos, estarão elegíveis para a cidadania. E não para por ai, os residentes que tiveram um visto temporário, poderão agregar até 365 dias desse visto para o processo.

Outros fatores também são determinantes, segundo a nova lei, a idade exigida para atender aos requisitos de conhecimento e linguagem para a cidadania foi alterada de 14 e 64 anos para 18 e 54 anos.

O último fator alterado no projeto de lei está estabelecido na comprovação de renda sob a Lei do imposto sobre o rendimento, os candidatos, agora, necessitam arquivar três declarações dos últimos cinco anos, isso fará correspondência ao quesito de presença física.

O governo federal canadense aconselha os candidatos que já atendem aos novos requisitos que aguardem um período, ou pelo menos até o dia 11 de Outubro, para se candidatarem no processo de cidadania.

Ainda se esperam outras alterações neste ou no próximo ano, porém, por tudo o que vem sendo demonstrado, as flexibilidades deverão, ao menos por enquanto, parar por aqui.

Conheçam o comunicado oficial do Canadá clicando AQUI.

 

Posts relacionados

#CLICImigração: Mudanças...

O CLIC, desde o primeiro contato com os seus alunos, sempre deixa claro a importância do...

#CLICImigração: Mon Projet...

No último dia 30 de Março o governo do Quebec liberou algumas informações sobre como...

Deixe uma resposta